mais sobre mim

recentes

L. Campeões: Sporting per...

L. Campeões: Sorteio da F...

Liga Sagres: Comentário a...

Sporting conquista Supert...

Pré-Epoca: Sporting derro...

Taça de Portugal: Final

Bwin: Comentário a 30ª Jo...

Bwin: Comentário a 29ª Jo...

Bwin: Comentário a 27ª Jo...

Taça de Portugal: Meia Fi...

arquivos

pesquisar

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30



Google






tags

todas as tags







Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

L. Campeões: Sporting perde em Barcelona

O Sporting perdeu em Camp Nou por três bolas a uma, numa partida onde os leões jogaram pessimamente durante 60 minutos, não reagindo ao domínio dos catalães, e ficando apaticamente a assistir ao jogo do adversário. O Barcelona chegou ao 2-0, mas após a entrada de Miguel Veloso a equipa «cresceu» um pouco, teve mais capacidade de posse de bola, e acabou por conseguir reduzir ainda para 2-1. Xavi, perto do fim, acabou por chegar ao 3-1 final.

Mas o Sporting fez uma primeira parte muito pobre, sem confiança e sem conseguir manter a posse de bola por forma a ter o tempo necessário para «pensar». Os leões foram manietados pelo meio campo e ataque do clube da cidade condal, resistindo como podia.

Os catalães chegaram à vantagem através de um golo de Rafael Marquez que aproveitou um canto para cabecear, completamente sozinho no interior da area e sem tirar os pés do chão, para o fundo das malhas de Rui Patrício.

No segundo tempo o Barcelona dilatou a vantagem para 2-0, com Eto'o a ganhar um pontapé da marca de grande penalidade, depois de saltar juntamente com Abel a uma bola. Chamado a apontar o castigo máximo, o camaronês não falhou, colocando o resultado numa diferença de duas bolas.

Paulo Bento mexeu na equipa, colocando Miguel Veloso como pivot mais recuado no meio campo, saindo Romagnoli da «posição 10» que foi ocupada por João Moutinho. O Sporting cresceu na partida, e reduziu a vantagem do adversário através de um golo de Tonel que respondeu da melhor maneira a um bom cruzamento de Miguel Veloso na direita.


Xavi, depois de um excelente passe de Iniesta, fez o 3-1 final, carimbando a vitória no primeiro jogo do grupo.

 

Paulo Bento (contribuiu a sua maneira) para a derrota, ao efectuar algumas alterações na equipa menos correctas. Manteve Derlei até ao fim do jogo e tirou Yannick que ainda era dos poucos a fazer alguma coisa em termos atacantes, deslocação de Miguel Veloso para defesa esquerdo quando claramente com a sua entrada para o meio campo a equipa beneficiou muito.


O Sporting receberá agora no início de Outubro o FC Basel, num encontro em que os comandados de Paulo Bento terão de assumir o rótulo de favoritos e arrecadar os 3 pontos em disputa.

 

publicado por desporto-global às 17:40
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

L. Campeões: Sorteio da Fase de Grupos

 

Realizou-se hoje o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões para a epoca 2008/2009

Sporting e F.C. Porto estavam integrados no pote 2, juntamente com Bayern Munique, PSV, Villarreal, Roma, Werder Bremen e Juventus e assim evitariam estas equipas.

Pode-se dizer que o sorteio não foi muito mau para as equipas Portuguesas, tendo fortes hipoteses de seguirem em frente.

Confira todos os grupos e as equipas adeversarias de Sporting e F.C. Porto

 

publicado por desporto-global às 19:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Liga Sagres: Comentário a 1ª Jornada

 

 

Sexta-feira (22 Ago)

 

V. Guimarães – V. Setúbal

1-1

Sábado (23 Ago)

 

P. Ferreira – Sp. Braga

0-2

Sporting – Trofense

3-1

Domingo (24 Ago)

 

E. Amadora – Académica

1-0

Naval – Marítimo

1-0

Leixões – Nacional

1-3

FC Porto – Belenenses

2-0

Rio Ave - Benfica

1-1

 

Pontos Positivos

  1. Sporting e FC Porto – Ganharam o 1º jogo da Liga Sagres, iniciando bem o campeonato.
  2. Sp. Braga e Nacional – Foram as equipas que na jornada inaugural ganharam fora.
  3. Rio Ave – Tirou os 2 primeiros ponto a um candidato ao título (Benfica).

Pontos Negativos

  1. BenficaEmpatou no 1º jogo da Liga Sagres, iniciando mal o campeonato.
  2. P. Ferreira e LeixõesForam as equipas que na jornada inaugural perderam em casa.
  3. Arbitragem1ª jornada e já um erro grave, começam mal os árbitros.

 

publicado por desporto-global às 14:22
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Sporting conquista Supertaça

Supertaça Cândido de Oliveira

 

O Sporting venceu pela segunda temporada consecutiva a Supertaça Cândido de Oliveira, confirmando a superioridade em jogos desta competição diante do FC Porto. Djaló bisou na partida e fez o resultado final do encontro, num jogo em que nenhuma das equipas realizou uma boa exibição e em que a eficácia sportinguista decidiu a entrega do troféu.

Sporting e FC Porto apresentaram-se no Estádio do Algarve desfalcados de algumas das suas peças mais influentes, e iniciaram a partida com esquemas distintos. Os leões, em 4x4x2, apresentaram Rui Patrício na baliza, atrás de um quarteto defensivo composto por Abel, Polga, Tonel e Caneira, o meio campo alinhou com Moutinho, Rochemback, Izmailov e Romagnoli e o ataque esteve entregue a Djaló e Derlei. Nos dragões Hélton foi titular, Sapunaru, B. Alves, Pedro Emanuel e Benitéz formaram a defesa, o meio campo foi composto por Meireles, Guarin e Lucho, e as despesas do ataque estavam entregues a Rodríguez, Lisandro e Farías.

O Sporting começou melhor o jogo e apesar de não criar situações de golo era a equipa com maior qualidade na troca de bola. No entanto os campeões nacionais foram equilibrando a partida e aos poucos iam ameaçando Rui Patrício com algumas situações de perigo, com destaque para um grande remate de Lucho González ao poste esquerdo da baliza adversária aos 32 minutos. Ambas as equipas procuravam chegar ao golo e o encontro estava aberto, com Djaló e Derlei a colocarem em sentido a defensiva portista através de boas desmarcações, enquanto do lado contrário Lucho e Rodriguéz eram as peças em melhor nível.

Já perto dos 45 minutos, uma boa jogada pela esquerda por parte do Sporting deu o primeiro golo. Romagnoli combina com Abel e desmarca Djaló que beneficiando de um ressalto em Benitéz, recebeu a bola dentro da área e rematou para o fundo das redes de Hélton. Apesar do equilíbrio registado durante grande parte da primeira parte, foi a eficácia do jovem avançado do Sporting a definir o marcador ao intervalo.

A segunda metade começou com o FC Porto a tentar reagir à desvantagem, com um maior pendor ofensivo e aos 56 minutos Farías deu lugar a Hulk, com Jesualdo Ferreira a procurar tirar partido da criatividade o do atacante brasileiro. No entanto logo no minuto seguinte, depois de mais uma jogada em que beneficiou de alguns ressaltos de bola, Djálo surgiu isolado frente a Hélton e fez o 2-0, resultado muito penalizador para a formação portista.

O FC Porto continuou na procura do seu primeiro golo e o Sporting adoptou uma toada de maior contra-ataque, e Lucho González teve mesmo nos pés uma grande oportunidade para reduzir o marcador aos 72 minutos, mas falhou uma grande penalidade assinalada por Carlos Xistra depois de uma mão na bola de Caneira dentro da área. Rui Patrício defendeu o remate rasteiro do capitão portista, e a manutenção do resultado funcionou como um duro golpe na ambição dos jogadores do FC Porto. Os dragões não mais foram capazes de jogar com a cabeça e a vitória do Sporting foi então um dado praticamente adquirido.

Está entregue o primeiro troféu oficial da temporada 2008/09, e mais uma vez o Sporting inicia a época da melhor forma, derrotando o campeão nacional.

 

 

Fonte: zerozero

publicado por desporto-global às 16:22
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

Pré-Epoca: Sporting derrota Benfica e vence torneio do Guadiana

O Sporting venceu o Benfica por 2-0 e foi o justo vencedor do torneio do Guadiana. Os golos só apareceram na 2ª parte com Yannick e Derlei a combinarem em ambos os golos e sendo mesmo dos dois jogadores a autoria dos tentos. O Sporting foi sempre mais "equipa", continuando os encarnados a aproveitar os jogos para observar os novos jogadores do plantel.

 

Paulo Bento encarou este torneio para vencer. Foi neste sentido que o técnico leonino optou por utilizar equipas já montadas e num sistema de jogo que já conhecem e realizar poucas mexidas durante a partida. O Sporting apresentou-se controlador, com maior posse de bola e muito melhor organizado que os encarnados.

 

Quique Flores aproveitou novamente os jogos para testar todos os novos jogadores do plantel e tomar algumas decisões tendo em vista as dispensas que terá de fazer dado o largo leque de jogadores que o Benfica tem no momento. Katsouranis foi titular, mas abandonou a partida por lesão aos 20 minutos dando o seu lugar a Edcarlos.

 

A primeira parte não teve grande história, o Sporting controlou a bola, embora o Benfica tenha tido mais cantos e mais remates durante o primeiro tempo. Na segunda metade, Edcarlos destacou-se pela negativa ao estar presente em ambos os golos dos leões. Primeiro deixou Derlei escapar nas suas costas e servir Yannick ao 2º poste para o golo inaugural. Minutos depois, o brasileiro perdeu a bola infantilmente para Yannick que aproveitou a ocasião para servir Derlei retribuindo a assistência ao ex-benfiquista.

 

O Sporting tinha o jogo nas mãos e o Benfica já sem Aimar no terreno não tinha argumentos para construir jogo e chegar com perigo à baliza sportinguista. Os leões conseguiram assim conquistar o torneio com duas vitórias e mostrando que apostam no esquema do ano passado, apenas reforçado pontualmente por alguns jogadores como é o caso de Rochemback e Pedro Silva.

 

O Benfica mostrou que tem ainda um longo caminho para definir a sua equipa. Os diversos reforços tentam mostrar as suas qualidades a adeptos e equipa técnica, enquanto os jogadores que transitam da época passada necessitam de mostrar ao treinador que merecem um lugar no plantel. Quique Flores tem ainda muito caminho a percorrer para escolher o plantel com que irá abordar a época e definir o seu esquema táctico.

 

 

Fonte: zerozero.pt

 

 

 

Sporting 2-1 Blackburn Rovers

 

Benfica 2-3 Blackburn Rovers

 

publicado por desporto-global às 17:32
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Taça de Portugal: Final

  Final

 

Vs


O Sporting conquistou a Taça de Portugal pelo segundo ano consecutivo ao derrotar o FC Porto por 2-0, com os golos a serem apontados por Rodrigo Tiuí aos 111 e 117 minutos.

O Sporting iniciou mais pressionante e melhor conseguindo criar, nos primeiros cinco minutos, duas situações de perigo para a baliza de Nuno, com destaque para o lance em que Derlei surge isolado e Nuno realiza uma excelente defesa. O FC Porto começou o jogo muito lento e com os seus jogadores a demonstrar algum individualismo.

À passagem do primeiro quarto de hora mais uma grande oportunidade para o Sporting, e outra vez por Derlei, que surge isolado frente a Nuno mas o guardião portista consegue efectuar mais uma grande defesa. Até agora o Sporting tinha 5 remates à baliza contra nenhum dos campeões nacionais.


Só aos 26 minutos surge o primeiro remate à baliza por parte do FC Porto, com Lisandro a cabecear para a baliza leonina, depois de um bom cruzamento de Ricardo Quaresma do lado direito.


Este lance parece ter espevitado um pouco os jogadores do FC Porto, que começaram a mostrar querer dominar as operações no meio-campo. Aos 34 minutos Mariano Gonzalez efectua uma grande arrancada, passando por alguns jogadores contrários, e desmarca Lisandro Lopez, que à saída de Rui Patrício, não consegue bater o guardião leonino.


Aos 39 minutos o Sporting chegava ao golo por intermédio de Romagnoli, mas o lance foi prontamente anulado pelo árbitro assistente por fora de jogo do jogador leonino, num lance que deixou grandes dúvidas.

 
Para a segunda parte o FC Porto entrou melhor e começou desde logo a comandar as operações no meio-campo, com o Sporting manter a pressão e nunca deixou de chegar com relativo perigo à baliza de Nuno Espírito Santo. Porém o jogo ia entrando numa toada morna, com as equipas a cada vez arriscarem menos no ataque.


Aos 70 minutos uma sequência de lances que podem ter tido influência no resto da partida. Primeiro, Lisandro entra na grande área leonina e quando Tonel chega para fazer a dobra, o argentino cai na área, ficando os jogadores portistas a reclamarem uma grande penalidade, mas não houve falta nenhuma. Na sequência da jogada, João Moutinho comandava um contra-ataque e João Paulo tem uma entrada a pés juntos sobre o médio leonino, que o árbitro sancionou com o cartão vermelho para o defesa azul e branco.

A partir deste momento, com o Sporting a não conseguir tirar dividendos do facto de alinhar com mais um jogador, não houve nenhuma oportunidade de golo, nem mesmo lances de perigo, e chegou-se ao final dos noventa minutos regulamentares.

A primeira parte do prolongamento começou logo com uma jogada de perigo por parte do Sporting, com a bola a entrar mesmo na baliza do FC Porto, mas o árbitro já tinha interrompido o jogo por jogo perigoso de Derlei que ao tentar um pontapé de bicicleta, atingiu na face Pedro Emanuel.


O Sporting ia, sem dificuldades, jogando sistematicamente perto da área do FC Porto, mas sentia grandes dificuldades para entrar no último reduto portista. Aos 110 minutos, Rodrigo Tiuí aproveitou um erro de um jogador contrário e rematou à entrada da área, a bola passou a centímetros do poste esquerdo da baliza de Nuno.


Aos 110 minutos de jogo surge o golo do Sporting apontado por Rodrigo Tiuí, que depois de rematar a bola esta embate em Pedro Emanuel, trai o guarda-redes do FC Porto batendo na trave e entra na baliza portista.

Com o golo sofrido o FC Porto arriscou tudo para chegar à igualdade, e Bruno Alves foi-se colocar como ponta-de-lança. E foi com Bruno Alves na frente do ataque, que o Sporting chegou ao segundo golo outra vez por intermédio de Rodrigo Tiuí que aproveita um corte incompleto de Lino, para efectuar um pontapé de bicicleta bater Nuno pela segunda vez.

O jogo chegava ao fim com o Sporting a conseguir conquistar a Taça de Portugal pelo segundo ano consecutivo, não permitindo ao FC Porto juntar ao título a conquista da Taça de Portugal. 

publicado por desporto-global às 19:33
link do post | comentar | favorito


links







subscrever feeds

blogs SAPO