mais sobre mim

recentes

A primeira corrida de 200...

L. Campeões: FC Porto gan...

L. Campeões: Sporting per...

UEFA: Sorteio dos Quartos...

L. Campeões: Sorteio da F...

Liga Sagres: Comentário a...

Pequim 2008: Nélson Évora...

Pequim 2008: Vanessa Fern...

Sporting conquista Supert...

Pequim 2008: Delegação Po...

arquivos

pesquisar

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30



Google






tags

todas as tags







Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Selecção: Dupla vitoria

Nesta dupla jornada por países da ex-URSS, Portugal consegue o pleno, ganhando os 2 jogos, depois da vitoria frente ao Azerbaijão, uma vitoria frente ao Cazaquistão, muito difícil diga-se de passagem, onde a selecção encontrou uma equipa muito defensiva e muito lutadora.

Com esta Vitoria Portugal aproxima-se da Polónia e distancia-se da Finlândia, beneficiando de estas 2 selecções não terem jogado por já terem um jogo a mais e assim ser feito o acerto do calendário, Bastará a Portugal ganhar o próximo jogo em casa frente a Arménia e empatar depois com a Finlândia, para se apurar para o Euro 2008, que se irá disputar na Áustria e na Suíça.


Na primeira parte Portugal teve mais posse de bola e até criou algumas situações de perigo através de Hugo Almeida e Ricardo Carvalho, mas sem conseguir marcar. Por outro lado o Cazaquistão pouco atacou, Ricardo não fez nenhuma defesa significativa.


 

Na segunda parte, o jogo perdeu ainda mais velocidade e o Cazaquistão dificultava mais as tarefas aos jogadores portugueses devido a defender praticamente com toda a equipa. O agora seleccionador Murtosa (Scolari cumpriu o 2º jogo de castigo) efectuou duas substituições, Nani por Maniche, e Makukula por Hugo Almeida, estas entradas foram cruciais porque trouxeram outra velocidade e dinâmica ao ataque de Portugal, tendo inclusive feito com que Quaresma também melhorasse.


A passagem do minuto 81, Quaresma, que pouco fez durante todo o encontro, coloca a bola milimetricamente na cabeça de Makukula que não perdoa, tendo assim uma estreia inesquecível. Aos 90' deu-se a machadada final, com um golo de raiva de Cristiano Ronaldo depois de uma boa jogada de Nani. Os cazaques ainda reduziram aos 93 minutos, mas a vitória estava feita.

publicado por desporto-global às 01:50
link do post | comentar | favorito


links







subscrever feeds

blogs SAPO